Siga Nossas Redes Sociais

Futebol

Crise no Sobradinho: presidente renuncia e treinador entrega o cargo depois de derrota para a Portuguesa

Escrito em

Colaboraram Thiago Rabelo/Rádio Sagres AM Goiânia e Rener Lopes

Após mais uma derrota na Série D, a terceira na primeira fase, e amargar a lanterna do grupo A12 da competição nacional, o Sobradinho vive uma crise técnica dentro e fora de campo. Washington Borges de Lima, que havia assumido a presidência no ano de 2018, deixou o cargo alegando motivos de saúde.

“’Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu.’ E é com essa certeza, bem como a de ter feito o melhor do meu melhor, sempre com dedicação ao trabalho e amor ao nosso clube e ao esporte como um todo, que venho comunicar que, por motivo de saúde, devo me dedicar aos tratamentos médicos que se tornam hoje imperativos e inconciliáveis com minhas atividades profissionais, conforme atestado médico anexo”, disse Washington na carta de renúncia.

Em conversa com um torcedor, Washington tratou de esclarecer e confirmar que está se desligando do clube: “Tem uma semana que entreguei a minha renúncia, mais precisamente no dia 13/05, para cuidar da minha saúde. Mas quero que fique aqui registrado todo meu agradecimento a todos vocês, foi maravilhosa nossa convivência e tudo que passamos juntos; que culminou com o tri campeonato (candango em 2018) do nosso Leão da Serra. Muito obrigado!”, afirmou o ex-dirigente do Sobradinho Esporte Clube.

Agora, juridicamente, a presidência do Sobradinho volta para as mãos de Túlio Lustosa, que hoje é gestor de futebol do Goiás EC. Vale lembrar que Túlio deixou a titularidade do Leão da Serra para rumar a Goiânia. Assim, Washington havia assumido como presidente interino.

No entanto, a reportagem da Esportes Brasília obteve a informação de que Túlio virá a Brasília nos próximos sessenta dias para duas atividades: a primeira, de convocar uma assembleia para comunicar a renúncia de Washington e convocar uma nova eleição, e a segunda, para coordenar o processo eleitoral. Depois das ações, Túlio volta as atenções para o esmeraldino goiano.

Derrota para a Portuguesa por 1×0, além de praticamente minar as chances do Sobradinho de classificação, derrubou o técnico Victor Santana – Foto: Ricardo Ribeiro/Agência de Notícias UniCEUB

Técnico também foi embora
Além de ver o presidente deixar o comando do time, o Sobradinho também está sem técnico. Depois de perder a terceira partida consecutiva na quarta divisão nacional, Victor Santana saiu de campo chateado no último sábado e deixou o cargo de técnico do Leão da Serra.

Segundo Felipe Sitônio, gestor de futebol do Sobradinho, em conversa com a reportagem da EB, ainda não há o substituto para a vaga de Victor.

O time alvinegro não vence desde o dia 24 de março, quando bateu o Santa Maria pelo Candangão 2019, campeonato em que terminou apenas na quinta posição.

Em meio aos problemas internos e externos, o Sobradinho busca – dentro de campo – a reabilitação no Campeonato Brasileiro da Série D, contra a Portuguesa/RJ, pela quarta rodada do grupo A12, no sábado (25), às 15h, no Rio de Janeiro.

Gabriel Spies é jornalista formado pelo Centro Universitário de Brasília (UniCEUB) e é comentarista das transmissões de rádio e televisão da Esportes Brasília.

Continue Reading
Clique para deixar seu comentário

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

P