Siga Nossas Redes Sociais

Copa América 2021

Com gol de Lucas Paquetá, Brasil vence Chile e enfrenta Peru nas semis da Copa América

Escrito em

Na noite desta sexta-feira (02), a seleção brasileira voltou a campo para jogar as quartas de final da Copa América. Jogando no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, o Brasil enfrentou a seleção do Chile e garantiu a vaga para jogar a semifinal contra o Peru ao vencer os chilenos por 1×0, gol de Lucas Paquetá no primeiro minuto do segundo tempo.

O JOGO

No primeiro tempo, o Chile teve a primeira chance aos nove minutos, Vargas arriscou de fora da área e o Ederson defendeu sem perigo. O Brasil chegou com perigo aos 12 minutos após a seleção brasileira trocar passes na entrada da área e o cruzamento do Renan Lodi, Claudio Bravo fez a defesa.

O Chile chegou com perigo mais uma vez aos 18 minutos, quando Vargas foi lançado ao campo de ataque e encobriu o goleiro Ederson, mas a bola foi para fora. No entanto, a arbitragem confirmou que ele estava em posição de impedimento.

O Brasil respondeu na sequencia, aos 19 minutos, com Richarlison, que foi lançado e chutou com perigo para a defesa de Bravo. A arbitragem assinalou que ele também estava em posição de impedimento. Aos 21, a seleção brasileira chegou com perigo mais uma vez, Neymar chegou pela esquerda e cruzou para Firmino, que não conseguiu finalizar. Chile ameaçou com perigo mais uma vez aos 26 minutos com Vargas, que chutou com perigo, obrigando Ederson a fazer uma boa defesa.

Aos 36 minutos, após uma boa triangulação entre Gabriel Jesus Firmino e Neymar a bola sobrou para o camisa 10 do Brasil que finalizou com perigo e garantiu o escanteio. Seis minutos depois, Gabriel Jesus recebeu bola de Neymar na entrada da área e bateu com força exigindo boa defesa do Bravo, sendo a melhor chance brasileira no primeiro tempo.

No segundo tempo, o Brasil abriu o placar logo no primeiro da etapa final com Lucas Paquetá, que recebeu bola de Neymar na entrada da área, ganhou da marcação e marcou um belo gol. No entanto, aos três minutos, Gabriel Jesus foi expulso após levantar demais a perna e acertar o rosto de Mena, do Chile.

Aos 16 minutos, o Chile chegou a empatar a partida com Vargas, porém, o árbitro anulou por impedimento do Pulgar no inicio da jogada. Quatro minutos depois, foi à vez do Brasil chegar com perigo. Neymar fez uma boa jogada individual e obrigou o goleiro Bravo a fazer uma boa defesa. O Chile teve uma grande chance aos 24 minutos, com Brereton que aproveitou o cruzamento e cabeceou no travessão levando perigo ao gol brasileiro.

Já aos 32 minutos, o Chile chegou com perigo mais uma vez. Meneses aproveitou a bola que sobrou na entrada da área e bateu com força para o gol, Ederson fez uma grande defesa.

Na reta final, aos 44, o Chile teve uma oportunidade de gol com Vargas após cruzamento de Vidal, que não conseguiu finalizar. Os chilenos, com um jogador a mais durante o segundo tempo inteiro, pressionaram na reta final da partida, mas o Brasil apenas administrou o relógio para confirmar a vitória por 1×0 e a vaga para a semifinal.

A seleção brasileira, após avançar às semifinais, enfrenta a seleção do Peru, que eliminou o Paraguai nos pênaltis. A partida ocorre na próxima segunda-feira (05), às 20h, no estádio Nilton Santos (Engenhão) no Rio de Janeiro.

COPA AMÉRICA – OITAVAS DE FINAL
BRASIL 1-0 CHILE
02.07.21 – ESTÁDIO NILTON SANTOS – RIO DE JANEIRO/RJ

Arbitragem: Patrício Lostau (Argentina)
Assistentes: Ezequiel Brailovsky e Gabriel Chade (Argentina)
Quarto árbitro: Guillermo Alcivar (Equador).
VAR: Andres Soca (Uruguai)

Cartões amarelos:
Sierralta, Palacios, Vidal (Chile)
Ederson (Brasil)

Cartão vermelho:
Gabriel Jesus (Brasil)

Brasil
Ederson, Danilo, Thiago Silva, Marquinhos, Renan Lodi (Éder Militão), Casemiro, Fred e Neymar, Gabriel Jesus, Firmino (Lucas Paquetá) e Richarlison (Everton Cebolinha).
Técnico: Tite.

Chile
Bravo, Isla, Medel, Sierralta, Vegas (Palacios), Mena, Pulgar (Meneses), Vidal, Charles Aránguiz (Valencia), Alexis Sánchez (Brereton), Vargas.
Técnico: Martín Lasarte.

Ana Paula Freire é formada em jornalismo pela Universidade Católica de Brasília e tem na bagagem a cobertura dos Jogos Olímpicos de Londres 2012.

Continue Reading