Siga Nossas Redes Sociais

Copa América 2021

Brasil empata com o Equador em Goiânia e perde os 100% na Copa América

Escrito em

Na noite deste domingo (27), a seleção brasileira voltou a campo para encerrar a participação na fase de grupos da Copa América. Jogando em Goiânia, no estádio Olimpico, o Brasil enfrentou a seleção equatoriana em partida valida pela quarta rodada da fase classificatória do grupo A e empatou por 1×1, com gols de Éder Militão, pelo Brasil, e Mena, pela seleção equatoriana.

Com o resultado da partida, a seleção brasileira perdeu o 100% de aproveitamento no torneio, chegando aos dez pontos e terminando a fase classificatória na liderança do grupo A. Já o Equador, com a derrota da Venezuela para o Peru por 1×0 na outra partida do grupo, terminou na quarta colocação com três pontos.

O JOGO

Com 100% de aproveitamento na competição, o técnico Tite aproveitou a partida para poupar e rodar a equipe brasileira. No entanto, no primeiro tempo, foi o Equador quem chegou com mais perigo no gol. Aos dez minutos, Valencia avançou pela direita, viu que o goleiro Alisson estava adiantado, tentou fazer o gol por cobertura, mas a bola passou por cima da meta. A seleção brasileira respondeu aos 13 minutos com Lucas Paquetá, que chegou pela direita, chutou com a canhota e o goleiro equatoriano defendeu.

O Brasil chegou novamente aos 19 minutos. Paquetá recebeu a bola na entrada da área, fez o passe para o Gabigol, que estava em posição legal, mas o goleiro Galindez fez a defesa. A seleção brasileira abriu o placar aos 36 minutos. Após cobrança de falta de Éverton Cebolinha, Éder Militão cabeceou e abriu o marcador, colocando o Brasil em vantagem.

Já no segundo tempo, o Equador chegou com perigo primeiro. Aos quatro minutos, Ángelo Preciado pegou o rebote na entrada da área e chutou firme. A bola desviou e foi para escanteio. Após a batida de escanteio, aos sete, o time brasileiro não conseguiu afastar a bola e Mena finalizou, sem chance para o goleiro Alisson.

Após o gol de empate, o Equador cresceu na partida e passou a assustar a seleção brasileira. Aos 12 minutos, Ayrton Preciado chegou pela direita e cruzou na primeira trave, Militão se antecipou ao Valencia e fez o corte. A seleção brasileira chegou à primeira finalização aos 20 minutos, após passe de Paquetá para Vinicius Junior, que finalizou de carrinho perto do gol.

Aos 34 minutos, o Equador chegou com perigo mais uma vez. Estupiñán arriscou um chute direto para o gol, obrigando Alisson a fazer a defesa.

O Equador foi melhor na segunda etapa e o Brasil, com pouca criatividade, não conseguiu criar chances claras de gol, perdendo os primeiros pontos no torneio.

Segundo a assessoria de comunicação da seleção brasileira, Renan Lodi sofreu um trauma na região da bacia, continuará tratamentoe com fisioterapia e será reavaliado nesta segunda-feira.

COPA AMÉRICA 2021 – 1ª FASE – 4ª RODADA
Brasil 1-1 Equador
24.06.21 – ESTÁDIO OLIMPÍCO – GOIÂNIA/GO

Arbitragem: Roberto Tobar (Chile)
Assistentes: Christian Schiemann (Chile)/ Claudio Rios (Chile)
Quarto árbitro: Andres Cunha (Uruguai).
VAR: Julio Bascuñan (Chile)

Cartões amarelos:
Estupiñán (Equador)

BRASIL
Alisson, Emerson, Éder Militão, Marquinhos, Renan Lodi (Danilo), Lucas Paquetá (Éverton Ribeiro), Fabinho, Douglas Luiz (Casemiro), Roberto Firmino (Vinicius Junior), Gabriel Barbosa, Éverton (Richarlison).
Técnico: Tite

EQUADOR
Galíndez, Preciado, Arboleda, Hincapié, Palacios, Franco, Caicedo (Mena), Méndez, Estupiñán, Valencia (Campana), Ayrton Preciado (Pineida).
Técnico: Gustavo Alfaro

Ana Paula Freire é formada em jornalismo pela Universidade Católica de Brasília e tem na bagagem a cobertura dos Jogos Olímpicos de Londres 2012.

Continue Reading