Siga Nossas Redes Sociais

Copa América 2019

Brasil vence Peru no Maracanã e é campeão da Copa América 2019

Escrito em

Enviado especial ao Rio de Janeiro

Quase 70 mil pessoas estiveram no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, e viram um grande jogo entre Brasil e Peru na tarde deste domingo (07). Melhor para os donos da casa, que venceram por 3×1 e sagraram-se campeões da América.

O jogo

Logo a dois minutos, o Peru ameaçou a meta brasileira. Cueva cobra falta e a bola passa rente à meta direita de Alisson, indo pela linha de fundo. Três minutos depois, Tápia arriscou de longe e a bola passou pela linha de fundo.

Aos 15 minutos veio a primeira chance do Brasil. Gabriel Jesus recebeu passe pela esquerda, passou pela marcação peruana e cruzou para a grande área. Everton Cebolinha recebeu certeiro e encheu o pé pro fundo da rede, abrindo o placar no Maracanã, levando a torcida ao delírio.

Com o gol marcado, Everton Cebolinha é o artilheiro isolado da Copa América, com três gols anotados.

Aos 24 minutos, o próprio Everton Cebolinha avançou pela esquerda e cruzou para Philippe Coutinho desviar pro gol, mas a bola passou raspando na trave de Gallese.

Com 36 minutos, Firmino recebe o passe pela esquerda e cruza na medida pra Gabriel Jesus testar firme. Por um pecado, a bola vai pra fora, arrancando o “uh” da torcida no Maracanã.

Quatro minutos depois, o árbitro marca penalidade máxima para o Peru. Thiago Silva colocou a mão na bola dentro da grande área. Na cobrança, Paolo Guerrero bateu no canto direito de Alisson e empatou o jogo aos 43 minutos.

Ainda deu tempo de, aos 47 minutos, a rede peruana balançar novamente. Após receber o passe de Arthur, Gabriel Jesus invadiu a grande área e ficou cara a cara com Gallese, para chutar forte e correr para o abraço.

Primeiro tempo terminou com o Brasil vencendo por 2×1, sendo que o Peru ameaçou logo no início da partida – Foto: Fernando Godoy/Agência EB

Já no segundo tempo, aos seis minutos, Philippe Coutinho recebe cruzamento na área e testa de cabeça. A bola foi pela linha de fundo, assustando Gallese. No lance seguinte, o camisa 20 brasileiro roubou a bola, passou por três marcadores e concluiu errado.

O jogo perdeu um pouco em qualidade após essa chance. Os dois times não conseguiam concluir a gol, com as defesas atuando de maneira enérgica.

No entanto, a situação complicou de vez quando Gabriel Jesus cometeu falta e tomou o segundo cartão amarelo, sendo expulso de campo e deixando o Brasil com dez em campo.

Tanto que, aos 28, Flores recebeu a bola na intermediária e encheu o pé. A bola ia no ângulo de Alisson, mas foi para fora. A pressão peruana continuou durante grande parte da reta final do segundo tempo.

O que ninguém esperava era que, aos 41 minutos, Everton Cebolinha fosse derrubado na grande área quando Gallese afastou a bola do perigo. Penalidade máxima anotada para o Brasil. Aos 44, Richarlison cobra no canto direito do goleiro peruano e fecha a fatura no Maracanã, confirmando o título da Copa América 2019.

Brasil vence Peru por 3×1 no estádio Maracanã, e conquista o título da Copa América 2019. 70 mil pessoas estiveram no Maracanã vibrando – Foto: Fernando Godoy/Agência EB

COPA AMÉRICA 2019 – DISPUTA DO 1º LUGAR
BRASIL 3-1 PERU
07.07.2019 – ESTÁDIO MARACANÃ – RIO DE JANEIRO/RJ

Público: 58.584 pagantes (69.986 presentes)
Renda: R$ 38.769.850,00

Cartões Amarelos:
Gabriel Jesus, Thiago Silva, Richarlison (Brasil)
Tapia, Zambrano, Advíncula (Peru)

Cartão Vermelho:
Gabriel Jesus (Brasil)

BRASIL
Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Alex Sandro; Casemiro, Arthur e Philippe Coutinho (Eder Militão); Gabriel Jesus, Roberto Firmino (Richarlison) e Everton Cebolinha (Allan).
Técnico: Tite

PERU
Gallese; Advíncula, Zambrano, Abran e Trauco; Tapia (Christofer Gonzales), Yotún (Ruidiaz), Cuéva e Carrillo (Polo); Flores e Paolo Guerrero.
Técnico: Ricardo Gareca

Rener Lopes é jornalista formado pela Universidade Católica de Brasília (UCB); Atua na mídia esportiva desde 2006. Já teve passagens pelas rádios Paranoá FM, Comunidade FM do Gama, Transamérica FM Brasília, Bandeirantes AM Brasília e Ativa FM Brasília. Tem no currículo três olimpíadas (Atenas 2004, Londres 2012 e Rio 2016), duas Copas do Mundo (Brasil 2014 e 2019) e uma Copa América (Brasil 2019).

Continue Reading
Clique para deixar seu comentário

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *