Neste sábado, a partir das 15:30, no estádio Abadião, em Ceilândia, os donos da casa enfrentarão o Comercial/MS, no jogo da volta da segunda fase da série D do brasileiro. No jogo de ida, em Campo Grande/MS, o Ceilândia venceu por 1×0, com gol marcado pelo zagueiro Badhuga.

Para o Ceilândia, um empate será o suficiente para a equipe candanga passar para a próxima fase da quarta divisão nacional. Ao Comercial, somente uma vitória de dois gols de diferença dará a classificação. Uma vitória do time de Campo Grande por um gol de diferença levará a decisão para as penalidades máximas. Quem se classificar, enfrentará o vencedor do confronto entre América/RN e Aparecidense/GO.

A última vez que o Ceilândia disputou as quartas de finais da competição nacional foi no ano de 2005. Na oportunidade foi eliminado pelo Ipatinga/MG.

A Esportes Brasília transmite o jogo a partir das 15h15. Acompanhe no www.esportesbrasilia.com.br e nos aplicativos para iOS e Android.

CEILÂNDIA
A diretoria do Ceilândia colocou 200 ingressos à disposição do torcedor do clube que comparecesse às bilheterias do estádio Abadião, nesta sexta-feira na parte da tarde. Os outros ingressos estarão ao preço de R$ 20,00 a inteira e R$ 10,00 a meia entrada.

O técnico Adelson de Almeida não conta com o meio campista Alcione e os atacantes Formiga e Junior, todos entregues ao departamento médico. Em contrapartida, o atacante Lauro Cesar deve enfim estrear com a camisa do Gato Ceilândia, ao lado de Carlos Henrique ou Gordo. Nas demais posições, a mesma base do time que começou o jogo em Campo Grande/MS, vitória sobre o Comercial por 1×0.

Adelson de Almeida espera que a equipe possa permanecer tranquila e focada na partida, para evitar o que ocorreu diante do próprio Comercial. O Ceilândia venceu fora de casa por 3×1 e perdeu no Abadião por 1×0. Em 2016, a eliminação foi diante do Fluminense de Feira de Santana/BA, nas penalidades máximas.

COMERCIAL
A diretoria do Comercial conviveu esta semana com uma ameaça de greve por parte de jogadores do clube, por salários atrasados. Além disso, os jogadores Bruno Nunes e Araújo entraram em luta corporal no treino da quarta-feira. O zagueiro Andrezão foi expulso no primeiro jogo e desfalca a equipe.

O lateral Mizael e o atacante Bruno Nunes não viajaram para Brasília. Em contrapartida, três jogadores vindos do União ABC seguiram com a delegação: o atacante Marcelo, o zagueiro Dogão e o lateral Léo Maria.

“Todo trabalhador precisa receber. Fica um ambiente ruim, difícil, já que todos os jogadores têm seus compromissos. Já completou dois meses atrasados”, ressaltou o treinador Valter Ferreira .

CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE D – SEGUNDA FASE – JOGO DE VOLTA
CEILÂNDIA – COMERCIAL
15.07.2017 – 15.30 – ESTÁDIO ABADIÃO – CEILÂNDIA/DF

Arbitragem: William Machado Steffen (SC)
Assistentes: Eder Alexandre e Carlos Felipe Schmidt (SC)
Quarto árbitro: Wales Martins (DF).

CEILÂNDIA
Léo (Artur); Dudu Lopes, Badhiuga, Pedrão e Elivelto; Didão, Liel, Émerson Martins e Filipe Cirne; Lauro Cesar (Gordo) e Carlos Henrique
Técnico: Adelson de Almeida

COMERCIAL
Guilherme; Salomão (Léo Maria), Jaime, Dogão e Douglas; Igor, Kazado, Wesley Mutuca e Adrianinho; Felipe Pará e Nathan.
Técnico: Valter Ferreira

Compartilhar