Com informações da Confederação Brasileira de Futebol

O Minas/Icesp é campeão do Brasileiro Feminino A2. Logo na primeira participação, a equipe do Distrito Federal conquistou o título. No estádio Abadião, o Minas fez a festa do torcedor após o empate em 0x0 diante do Vitória no tempo normal e a vitória por 4×3 nas cobranças de pênalti.

Após empate em 2x2 no jogo de ida, placar não sai do zero no tempo normal - Foto: Carlos Teixeira/Agência EB
Após empate em 2×2 no jogo de ida, placar não sai do zero no tempo normal – Foto: Carlos Teixeira/Agência EB

Novamente, o equilíbrio marcou o confronto entre as equipes, que já haviam empatado em 2×2 na ida. Assim como no jogo de ida da final, Minas/Icesp e Vitória protagonizaram um confronto movimentado desde o apito inicial.

Empurrado pela torcida, que compareceu em peso, a equipe do Distrito Federal tomou a iniciativa da partida. Mesmo fora de casa, as baianas não se intimidaram e levaram perigo pelas pontas.

Na melhor chance do primeiro tempo, aos 23 minutos, a atacante Lorena ficou muito perto de colocar as visitantes na frente, mas finalizou por cima. Com mais posse de bola, o Minas levou perigo nas jogadas aéreas, esbarrou na marcação baiana e o placar permaneceu zerado.

Torcida compareceu em excelente número ao estádio Abadião, na grande final do Campeonato Brasileiro Série A2 - Foto: Carlos Teixeira/Agência EB
Torcida compareceu em excelente número ao estádio Abadião, na grande final do Campeonato Brasileiro Série A2 – Foto: Carlos Teixeira/Agência EB

Na volta do intervalo, o Minas esboçou uma pressão. Aos cinco minutos, a zagueira Any cortou o cruzamento da esquerda e quase mandou contra a própria meta. Atenta, a goleira Yasmin defendeu e impediu o gol das mandantes.

Após o susto inicial, o Vitória diminuiu os espaços e equilibrou as ações. Com a proximidade do fim, o jogo passou a ficar aberto e as duas equipes investiram em busca do gol do título.

Aos 33, em contra-ataque veloz, Dan quase decretou a vitória baiana, mas Kris fez grande defesa, espalmando com a ponta dos dedos. Depois disso, não adiantou mais nada e a decisão foi para os pênaltis.

Na hora das cobranças, Jéssica abriu o marcador para o time candango. Milena empatou para a equipe baiana. Novinha fez o segundo para o Minas/Icesp. Taiana empatou novamente o placar acertando para o Vitória. 2×2 até aqui.

Robinha fez o terceiro das donas da casa. Fabi empatou mais uma vez para as visitantes. Victória, que foi a artilheira do Minas/Icesp na competição, bateu e Yasmim defendeu. Raquel cobrou pelo Vitória e mandou pra fora. O placar seguia em 3×3.

Eliúde anotou o quarto do Minas/Icesp. Coube a Taynara o último pênalti da disputa, defendida pela goleira candanga Kris.

Kris fez a defesa do pênalti de Taynara, do Vitória, e confirmou o título brasileiro do Minas/Icesp - Foto: Carlos Teixeira/Agência EB
Kris fez a defesa do pênalti de Taynara, do Vitória, e confirmou o título brasileiro do Minas/Icesp – Foto: Carlos Teixeira/Agência EB

Festa no Abadião. Empate no tempo normal em 0x0 e vitória do Minas/Icesp, nos pênaltis, por 4×3. As duas equipes já garantiram a vaga no Brasileirão Feminino 2019.

Baixe o poster do Minas/Icesp, campeão brasileiro de 2018. Clique com o botão direito e vá em Salvar imagem como.

posterminas

Compartilhar