O ciclo vitorioso do ala-pivô Guilherme Giovannoni no time de basquete de Brasília chegou ao fim. Na manhã desta sexta-feira (21), o atleta usou o blog pessoal para anunciar a saída da equipe brasiliense.

Na postagem, Giovannoni dividiu o anúncio em oito partes, abordando a volta ao Brasil em 2009, a torcida do candanga, a cidade e os amigos feitos na capital federal, os companheiros de clube e as conquistas nele, além da escola de basquete implantada em Brasília, a GG12, antes de terminar com agradecimento final: “sigo outro caminho na carreira, mas vocês estarão presentes para sempre na minha vida e no meu coração! Foi um prazer”, disse o atleta.

Há quem diga que o destino de Giovannoni seja o Rio de Janeiro. O atleta se juntaria ao amigo Fúlvio e defenderia as cores do Vasco. No post de agradecimento, Giovannoni dedica um espaço para falar do parceiro. “Conheço o Fúlvio antes de sermos companheiros em Brasília mas, tê-lo no mesmo time fez com que nos aproximássemos mais. É ele que me puxa a orelha quando eu preciso e isso é fundamental para mim”, afirmou Giovannoni.

Guilherme Giovannoni foi eternizado no hall da fama do UniCEUB/Brasília - Foto: Carlos Teixeira/Agência EB
Guilherme Giovannoni foi eternizado no hall da fama do UniCEUB/Brasília – Foto: Carlos Teixeira/Agência EB

Trajetória

Giovannoni chegou ao Brasília em 2009 e conquistou três títulos consecutivos do Novo Basquete Brasil (NBB), em 2009/10, 2010/11 e 2011/12. Ganhou também três títulos da Liga Sul-Americana de Basquete, em 2010, 2013 e 2015, além de diversos títulos de MVP (jogador mais valioso) das duas competições.

Compartilhar