Uma reunião na tarde desta segunda-feira (04), envolvendo representantes dos 16 clubes participantes da temporada 2019/2020 do Novo Basquete Brasil, definiu os rumos desta temporada.

Por conta da pandemia do Coronavírus, por unanimidade, os representantes dos jogadores, diretores de clubes e Liga definiram pelo cancelamento desta temporada, sem declarar nenhum campeão.

A classificação desta temporada servirá apenas para definir os participantes da Liga Sul-Americana e da Champions League Américas, novo nome dado à Liga das Américas.

O Universo/Brasília, representante da capital federal, estava em 13º lugar na competição quando o NBB foi suspenso. O Flamengo liderava o torneio, seguido por SESI Franca Basquete/SP, São Paulo Futebol Clube/SP e Minas Tênis Clube/MG.

Futuro incerto

Ainda não se sabe o futuro do basquete no país, por conta do Coronavírus. Esta temporada do NBB não terá prosseguimento, como você leu acima. As movimentações para a temporada 2020/2021 da principal competição nacional devem começar em meados de setembro.

Contudo, o Campeonato Brasileiro, que equivale à segunda divisão da modalidade no país, segue sem previsão de início. A competição deveria ter iniciado em 15 de março, mas a Confederação Brasileira de Basquete ainda não definiu uma data para a largada do torneio.

O Campeonato Brasileiro terá um representante do Distrito Federal: o Cerrado Basquete, que volta a disputar a segunda divisão nacional. Em 2019, o verdão candango chegou às quartas de final, quando foi eliminado pelo Unifacisa/PB.