Siga Nossas Redes Sociais

Basquete

Marquinhos rouba a cena e Brasília perde na estreia do Novo Basquete Brasil

Escrito em

Foto: Rubens Chiri/São Paulo FC

Após perder para Flamengo e Cerrado nas duas rodadas iniciais, o São Paulo voltou ao ginásio do Morumbi em busca da primeira vitória no nacional. Foi o primeiro jogo da equipe sob o comando de Bruno Mortari, novo treinador. Os destaques foram Marquinhos (26 pontos, 4 rebotes e 3 assistências) e Bruno Caboclo (14 pontos, 7 rebotes e 2 assistências).

O time inicial do tricolor teve como grande novidade a presença de Bruno Caboclo, que fez a estreia no NBB. Em quadra, o time demonstrou muita vontade e boa movimentação. O destaque do Brasília foi a volta do norte-americano Zach Graham, o que o credenciou a ser o cestinha da equipe na partida (14 pontos, 6 rebotes e 2 assistências).

O jogo começou bastante equilibrado, com ambas as equipes indo ao ataque em quadra. Mas o Tricolor, jogando com o apoio da torcida e pressionado pelos últimos resultados aos poucos, foi se soltando e fechou o primeiro quarto por 24 a 16.

No segundo quarto, o Tricolor diminuiu um pouco o ritmo de jogo e o Brasília cresceu. Comandados pelo norte-americano Zach Graham, a equipe da capital venceu por 13 a 10, diminuindo a vantagem no placar da partida por 34 a 29.

No terceiro quarto, o time comandado por Bruno Mortari voltou a ter o domínio da partida e ampliou a vantagem, com vitória por 24 a 19 no quarto. O Brasília já não era mais o mesmo fisicamente, e pesava em quadra. Nervoso nas tomadas de decisão, o time se refletiu em vários erros na defesa e no aproveitamento de ataque. “A gente fez um amistoso na pré-temporada de dois meses”, explicou o armador Pedrinho Rava, no intervalo de jogo à transmissão oficial do Novo Basquete Brasil.

Mesmo assim, tendo a boa atuação de Pedrinho Rava e Zach Graham, o coletivo candango não respondia. Já do outro lado, o tricolor paulista tinha Marquinhos e Bennett, que comandava os ataques. O São Paulo ainda contou com uma excelente cesta de Bruno Caboclo, que acertou uma bola de três no último segundo, fechando o quarto em 58 a 48.

Na última etapa do jogo, o Brasília era muito inferior em quadra, sem confiança e sem ritmo. O tricolor mostrou inteligência para administrar o resultado e vencer o quarto por 27 a 18, dando números finais à partida, vencendo por 85×66.

O próximo compromisso do BRB/Brasília será na próxima quinta-feira (04.11), contra o Pinheiros, às 20h30, na Arena BRB Nilson Nelson, com transmissão da Esportes Brasília. A partida marcará o reencontro com a torcida. Conforme o Decreto assinado pelo governador Ibaneis Rocha, os palcos esportivos da capital poderão receber até 50% de público durante as competições. Os ingressos já estão disponíveis.

Continue Reading
P