Sabendo do resultado do jogo do Flamengo, que venceu o Mogi das Cruzes por 96×87, o UniCEUB/ Brasília enfrentou o Paulistano no ginásio da ASCEB nesta terça-feira (14) pela 20ª rodada do NBB. A equipe candanga não podia tropeçar caso quisesse se manter como líder do campeonato. E não foi diferente. Depois de um jogo disputado, os lobos saíram vencedores por 85×76.

O destaque do dia ficou por conta do armador Fúlvio, que com oito assistências e 20 pontos anotados, comandou a vitória candanga, justamente no dia do aniversário do camisa 05 do UniCEUB/Brasília, o ala/pivô Henrique Pilar.

Fúlvio marcou 20 pontos no jogo e foi o grande destaque do UniCEUB/Brasília na vitória frente ao Paulistano - Foto: Carlos Teixeira/Agência EB
Fúlvio marcou 20 pontos no jogo e foi o grande destaque do UniCEUB/Brasília na vitória frente ao Paulistano – Foto: Carlos Teixeira/Agência EB

O jogo
O início do primeiro quarto foi equilibrado, o que mostra que ambas equipes estavam dispostas a jogar pela vitória. O equilíbrio também foi predominante no quarto. Tanto o UniCEUB/Brasília, quanto o Paulistano alternavam a liderança no placar, mas sempre com vantagem para os visitantes. Foi aí que o ala/pivô Renato, do Paulistano, apareceu na quadra e, com sete pontos, ajudou a equipe paulista fechar o primeiro quarto em vantagem, 17×14.

Apesar do revés sofrido no início do segundo quarto, o sistema defensivo do Brasília funcionou a todo vapor, mostrando o motivo de ser a melhor defesa do campeonato. Com apenas nove pontos sofridos neste quarto, o time dos lobos sobrou em quadra. O maestro Fúlvio e o pivô Lucas Mariano ajudaram o Brasília a vencer o quarto e ir para o segundo tempo com a vantagem no placar. 22×9 ao fim do quarto, 36×26 fim do primeiro tempo.

Guilherme Giovannoni e Henrique Pilar comemoram vitória do UniCEUB/Brasília - Foto: Carlos Teixeira/Agência EB
Guilherme Giovannoni e Henrique Pilar comemoram vitória do UniCEUB/Brasília – Foto: Carlos Teixeira/Agência EB

O terceiro quarto começou devagar para o Brasília. A equipe da casa passou a cometer vários erros em sequência, que custou ver a vantagem de dez pontos cair para apenas três. Nos minutos finais, a equipe do Paulistano consegue a virada do placar. Jefferson Campos ainda converteu uma bela cesta de três, mas o Brasília perdeu o quarto por 23×17. O placar era favorável aos candangos em 53×49.

Apesar do início apertado, com as duas equipes temendo os erros, o Brasília conseguiu abrir uma vantagem de sete pontos na metade do quarto. Mas o bom jogo coletivo do Paulistano e a partida individual do pivô Hure, que terminou o jogo como cestinha da partida com 21 pontos, ajudou a diferença cair para três pontos. Porém, Guilherme Giovannoni brilhou e, com uma cesta de três, sacramentou a vitória do Brasília por 85×76.

O maior pontuador candango foi o armador Fúlvio, com 20 pontos. Guilherme Giovannoni vem em seguida, com 19 pontos.

As duas equipes voltam à quadra na próxima quinta-feira (16). O UniCEUB/Brasília joga novamente em casa e enfrentará o LSB/Uniso, às 20 horas, com transmissão da Esportes Brasília. Já o Paulistano viaja até Belo Horizonte/MG para enfrentar o Minas Tênis Clube, às 19 horas.

Compartilhar