Siga Nossas Redes Sociais

Basquete

Em dupla rodada no Sul, Cerrado e Brasília Basquete tropeçam

Escrito em

Foto: Divulgação/NBB

Em mais uma rodada em que os dois times jogaram em sequência, ambos saíram derrotados. Dessa vez jogando em Caxias do Sul, o Cerrado caiu frente ao Caxias, por 72 a 64. Descendo a Serra, o NBB não está sendo nada fácil para o BRB/Brasília, que foi superado pelo União Corinthians em 15 pontos, 70 a 55.

Jogo dos sete erros

O partida começava igual as rodadas anteriores do Cerrado, aguerrido e bem organizado. Mas o nível técnico deixava a desejar. O primeiro período foi caracterizado por uma sequência de erros de ambos os lado, o ala Paulo chamou a responsabilidade para o Cerrado, os candangos foram mais eficientes fechando o quarto em 15 a 13.

No segundo período, cenário semelhante. Desta vez, o Cerrado se manteve estável para ficar na frente. Ainda presentes, os erros baixaram o nível da partida. Preso na marcação, os candangos viram o desempenho cair e acabou ultrapassado pelo gaúchos. Cauê eram quem mais causava estragos ao clube local. Quando ele foi sacado, os visitantes melhoraram. A retomada candanga no placar veio em uma sequência de 13 a 0 e garantindo a vantagem na ida aos vestiários: 37 a 29.

Etapa final

O Caxias voltou dos vestiários em ritmo avassalador. Rafa Oliveira e Pedro duas vezes, diminuíram para quatro, a vantagem candanga que chegou a ser de oito pontos. Inspirado, o jovem Ruan foi o autor dos primeiros pontos do DF no período. Logo depois, em chute de média distância, Rafa Moreira recebeu, telegrafou e anotou mais dois: 45 x 39. 

Em resposta, Pedro Mendonça armou a jogada e passou para a definição de Cauê. E, mesmo com a vantagem candanga, o momento na partida era gaúcho. Com a defesa arrumada, lá na frente, Humberto foi fundamental para converter para dois e, de quebra, sofrer a falta e colocar os donos da casa na frente: 48 x 45. Os gaúchos fecharam o perído em 54 x 53.

No último quarto, o ímpeto Gaúcho seguiu em quadra. Cauê aproveitou bobeira na defesa candanga, armou contra-ataque e serviu Rafa Oliveira. Logo depois, Humberto anotou mais dois para a equipe de Caxias do Sul e fechou o placar: 72 a 64.

Foto: Divulgação/ NBB

Destaque do Cerrado Basquete na partida, com 20 pontos, o ala Paulo analisou o tropeço fora de casa. “Viemos com a proposta de não deixarmos o Caxias jogar nos bloqueios indiretos, mas, no segundo tempo, não conseguimos anular essas jogadas. Cometemos muitos erros ofensivos que não costumamos cometer. Agora, é bola para frente, começar a pensar nos próximos jogos, continuar treinando firme para manter a intensidade” – o destaque do Cerrado explica – “A gente vem numa sequência de jogos muito grande, fizemos dois jogos duros de prorrogação em Brasília, mas, isso não é desculpa, precisamos continua tomando decisões melhores para superar essas diversidades”, disse.

Para se recuperar da derrota, o Cerrado Basquete terá uma sequência de partidas no Ginásio da Asceb, na 904 Sul, para manter sua regularidade no NBB 2021/2022. A equipe terá semana livre para treinos e retoma a quadra no dia 19 de novembro, às 20h30, para receber o Pato Basquete.

Em Santa Cruz do Sul

Foto: Matheus Maranhão/ Brasília

O Luvix/União Corinthians superou o BRB/Brasília por 70 a 55, no Ginásio Poliesportivo Arnão. A equipe santa-cruzense venceu a primeira partida após seis jogos disputados no Novo Basquete Brasil (NBB). O cestinha da partida ficou por conta de Gillard, 16 pontos; pelo Brasília, Gemerson anotou um duplo-duplo (13 pontos e 10 rebotes), mas não foi o suficiente.

O próximo compromisso do BRB/Brasíla será diante do Caxias, na sexta-feira (13), às 20 horas, no Ginásio Sesi, em Caxias do Sul, na Serra gaúcha.

Continue Reading
P