Siga Nossas Redes Sociais

Basquete

Cerrado Basquete vence a primeira partida na história do NBB

Escrito em

26 de fevereiro de 2018. O Cerrado Basquete, que havia conquistado a vaga depois de ser campeão da Copa Centro-Oeste, chegava à Liga Ouro, segunda divisão do basquete brasileiro. A temporada não foi tão satisfatória, com apenas uma vitória em 15 jogos. Veio o ano de 2019 e a eliminação para a Unifacisa/PB nas quartas de final.

Mas chegou 2020. E após a não realização de um campeonato brasileiro, a – suada e conturbada – entrada na Liga Nacional de Basquete. Demoraram cinco jogos e, finalmente, ela chegou: a primeira vitória.

O adversário foi o Caxias Basquete na noite desta quarta-feira (25), em Mogi das Cruzes/SP. Não foi fácil, um jogo apertado nos primeiros quartos, mas que foi decisivo no final e garantiu a vitória aos candangos por 67×63.

JC Fuller foi o maior pontuador candango, com 14 pontos. Daniel Von Haydin anotou 13 pontos e Bruno Fiorotto obteve seis rebotes. O cestinha da partida foi Da Silva, do Caxias, com 20 pontos e oito rebotes.

“Eu acredito que o nosso diferencial foi o trabalho em equipe. Nos últimos jogos, a gente estava sendo um time mais egoísta. Hoje a gente resolveu fazer um pouco melhor. Achamos melhores espaços, posicionamentos, apesar do baixo aproveitamento, mas acreditava que essa vitória chegaria a qualquer momento. Agora não dá nem tempo pra lamentar pois, na semana que vem, começa de novo”, analisou o armador Henrique Coelho.

Com a vitória, o Cerrado Basquete assume a 13ª posição, com uma vitória e quatro derrotas. Na próxima rodada, o time enfrenta a Unifacisa/PB. A partida acontece às 14h30 do dia 02.12, no Ginásio da Iesplan.

Rener Lopes é jornalista formado pela Universidade Católica de Brasília (UCB); Atua na mídia esportiva desde 2006. Já teve passagens pelas rádios Paranoá FM, Comunidade FM do Gama, Transamérica FM Brasília, Bandeirantes AM Brasília e Ativa FM Brasília. Tem no currículo três olimpíadas (Atenas 2004, Londres 2012 e Rio 2016), duas Copas do Mundo (Brasil 2014 e 2019) e uma Copa América (Brasil 2019).

Continue Reading
P